Como Evitar Brigas em Casal na Reforma ou Construção da sua Casa

7 Passos Para Evitar a DR no Relacionamento em Quanto a Reforma nâo Termina

Fazer uma reforma ou construção é sempre difícil! Mesmo que a mudança seja apenas colocar janelas e portas de alumínio. Agora, a coisa complica mesmo quando um casal está envolvido nessa tarefa! Acreditem, quando não há harmonia no relacionamento a reforma ou construção torna-se um caos. Você e seu amor pretendem dar um “tapa no visual” da casa? Então, confiram nossas 7 dicas para evitar brigas em casal na reforma ou construção da casa.trabalhadores reformando a casa

  1. Definir as necessidades

O que fez vocês pensarem em uma reforma? Um problema estrutural ou algo estético? É importante saber para não meter os pés pelas mãos. Mudar a cor das paredes pode esperar. Mas, se a necessidade for trocar portas e janelas, por exemplo, isso deve ser prioridade. Sua casa pede portas e janelas novas? Nossa dica é investir no alumínio. Os preços de janelas e portas de alumínio são mais em conta.

  1. A reforma ou obra deve ser compatível com o orçamento do casal

Quem divide o teto deve saber os rendimentos um do outro. Mas, se isso ainda não é uma realidade a hora é essa! Coloquem no papel todas as fontes de renda de cada um. Fazer um “pente fino” nas finanças é um dos fatores de sucesso de uma reforma. Vocês podem organizar as informações financeiras do casal em uma planilha.

  1. A casa é dos dois

Entender isso evita muita briga. Mesmo que legalmente a casa esteja apenas no nome de uma pessoa, o outro não pode ser excluído das decisões. Se os dois decidiram colocar portas e venezianas de alumínio, o dono legal da casa não pode simplesmente trocar de material porque ele morava na casa antes do relacionamento.reforma de casa

  1. Dividir responsabilidades

Já que a casa é dos dois, as responsabilidades também são! Os dois devem bater perna em busca de um arquiteto ou engenheiro, ofertas de material de construção e fiscalizar a obra. Tudo isso é chato, porém, vocês formam um time e devem trabalhar sempre juntos. A reforma é apenas trocar portas e janelas? Visitem lojas especializadas para encontrarem janelas e portas de alumínio em promoção.

  1. Conciliar gostos

A necessidade é mudar portas e janelas? Um quer modernidade e o outro quer um toque clássico. O que fazer nessa situação? Conversarem até encontrar uma solução que agrade aos dois. O alumínio é moderno, enquanto a madeira é clássica. O alumínio é de fácil manutenção e a madeira exige tratamentos contra a ação do tempo e dos cupins. Então, instalar portas e janelas de alumínio pode ser uma solução. Se pintarem de preto ou outra cor sóbria, isso atende aos gostos dos dois. Outro motivo para investir nesse material é porque portas e janelas de alumínio são baratas.planta de reforma

  1. Arquiteto e engenheiro não são mediadores de conflitos

Muitos profissionais já presenciaram brigas de casais durantes obras e reformas. Quando isso acontece, os cônjuges tentam fazer com que o arquiteto e o engenheiro comprem suas dores. Lembrem-se: o trabalho do arquiteto e do engenheiro consiste em fazer o projeto e acompanhar o trabalho dos pedreiros e mestres de obras.

  1. Eleja um mediador de conflitos

Se sentirem necessidade, chame algum familiar ou amigo. Mas, tem que ser alguém que notoriamente com fama de pacificador. Às vezes, uma pessoa de fora enxerga melhor os problemas e as soluções. Porém, vocês devem ter em mente que o mediador ajudará apenas na resolução dos conflitos. As decisões e condução sobre cada etapa da reforma ou obra é por conta de vocês.

Mais dicas para planejar sua reforma ou obra

Confira o que mais vocês devem fazer para ter sucesso na reforma ou obra:pesquisa

  • Determinar a duração da obra. Quando não temos um prazo, podemos fazer corpo mole e uma simples reforma pode durar o dobro do tempo. Quem irá dizer quanto tempo levará os reparos é o arquiteto e engenheiro. Feito isso, faça um cronograma: a internet tem vários modelos de planilhas;
  • Determinar os cômodos que realmente precisam de reparos. Problemas que devem ser priorizados: mofo, rachaduras e demais problemas que venham afetar a qualidade de vida e a estrutura do imóvel. Reformas guiadas apenas por questões estéticas sazonais geram perda de tempo e dinheiro;
  • Dividir o cronograma em etapas, caso a reforma ou obra abranger vários cômodos. Comece pelos os que estão em pior estado. Isso é válido para controlar melhor o orçamento. Fazer tudo de uma vez é possível e racional quando os donos do imóvel podem ficar fora dele;
  • Estipular um orçamento considerando gastos extras, especialistas indicam margem de 10% do valor. Outro ponto a ser observado é se os pagamentos serão à vista ou se precisarão de financiamentos. Independentemente do caso, procurem modelos de orçamento de obras na internet.

Gostou das nossas dicas para evitar brigas em casal na reforma ou construção da sua casa? Então não perca as outras dicas de reformas e obras.